Gerenciamento integrado de infraestrutura

Ferramentas integradas de gerenciamento de infraestrutura para aplicações

(Download PDF)

Resumo

Introdução

Imagine o seguinte cenário: Uma aplicação de processamento de pedidos crítica para o negócio está lenta e a equipe de vendas nas filiais não consegue processar os pedidos. O fluxo de caixa é afetado, o help desk é inundado de chamadas e a empresa para. A equipe de aplicações culpa a equipe de servidores. Mas a equipe de servidores insistiu que os servidores estão operando com 99,9% de disponibilidade e que algo errado pode estar na rede. E a equipe de rede voltou dizendo que os links WAN estão funcionando. Agora, de quem é a culpa? Da equipe de aplicações, equipe de servidores, equipe de rede ou a falta de uma abordagem integrada para gerenciamento da infraestrutura?

Quando o jogo de culpa começou?

Tudo aconteceu quando o executivo de vendas em uma das filiais não conseguia processar um pedido quando tentava acessar a aplicação ERP pela WAN corporativa. E ele ligou para o help desk não muito antes de o cliente sair de sua visão. O help desk encaminhou o problema para o chefe de TI. E o jogo de culpa começou quando a equipe de aplicações, equipe de servidores e equipe de rede disseram que “se você não consegue provar minha falha, então não é minha falha” ”. E para alimentar ainda mais o caos, cada um tinha seus próprios relatórios mostrando que seus ativos estavam altamente disponíveis durante o tempo da chamada.

Motivo do caos: Segurança falsa garantida pelos produtos nos pontos

Monitorar a rede, os sistemas e as aplicações como entidades díspares, sem a integração adequada, é a causa principal do jogo de culpa. Além disso, as ferramentas individuais garantem falsa segurança, alegando que cada entidade estava disponível no momento do problema. Mas a experiência do usuário em tempo real é uma combinação de muitos fatores, incluindo de qual servidor eles são atendidos, qual era a integridade desse servidor naquele momento, a aplicação estava realmente disponível naquele momento e qual foi o tempo de resposta em relação a esse servidor, etc.

O baixo desempenho da aplicação pode ser devido a muitos motivos, incluindo:

A primeira etapa para parar o jogo da culpa é evitar a falsa segurança, garantida pelos produtos nos pontos que falham ao determinar a causa raiz do problema quando o furacão atinge sua TI.

Network Monitoring without an integrated approach
Monitoramento de rede sem uma abordagem integrada resultaria em
um ambiente de TI improdutivo

A solução: Abordagem integrada ao gerenciamento de rede, sistemas e aplicações

A abordagem integrada aqui se refere à capacidade de obter visibilidade em tempo real do desempenho de sua rede, servidores e aplicações e apontar a causa raiz da falha, quando ela ocorre. Uma solução integrada de gerenciamento de infraestrutura corporativa atribuiria maior importância ao servidor, que executa a aplicação e escalaria o problema de utilização do espaço em disco por meio de alarmes e notificações apropriados.

Network Monitoring - Integrated Management Approach
A implementação de uma solução de gerenciamento integrada
resulta em um ambiente de TI produtivo

Conjunto ManageEngine: Ferramentas integradas e econômicas para gerenciamento de redes, sistemas e aplicações para PMEs

Para PMEs que não podem arcar com as soluções tradicionais de gerenciamento de infraestrutura, como HP OpenView, CA Unicenter, IBM Tivoli e BMC Patrol, a ManageEngine oferece uma gama acessível de produtos que oferecem a experiência de gerenciamento integrado quando associado a um software centralizado de tickets de problemas.

WAN/Router Monitoring with OpManager

Ferramentas para visualização e monitoramento de WAN: Para a equipe de rede

O OpManager ajuda as equipes de rede a visualizar seus links WAN em execução nas filiais. O desempenho individual do link, as estatísticas sobre o uso da banda larga, os problemas de latência do roteador, etc., podem ser identificados usando o NetFlow Analyzer.

Server Monitoring

Ferramentas para monitoramento de servidores: Para a equipe de servidores

O OpManager monitora os principais parâmetros de integridade de seus servidores, como CPU, memória e utilização de disco e alerta proativamente sobre pouco espaço em disco, alta utilização da CPU, etc.

Application Monitoring

Ferramentas para gerenciamento de aplicações: Para a equipe de aplicações

O Applications Manager ajuda a monitorar aplicações e bancos de dados em profundidade. As equipes de suporte a aplicações se beneficiariam com o uso dessa ferramenta em termos de saber o tempo de resposta exato em vários cenários de uso.

ServiceDesk Plus - Integrated Console for IT Troubleshooting

Console integrado para resolução de problemas de TI

O ServiceDesk Plus da ManageEngine ajuda a fornecer um único console para resolução de problemas de TI. Os alarmes gerados no OpManager, Applications Manager, e NetFlow Analyzer podem ser automaticamente convertidos em tickets no ServiceDesk Plus. No caso discutido acima, dois tickets seriam gerados automaticamente para o mesmo servidor. Um do OpManager para pouco espaço em disco e outro do Applications Manager para um tempo de resposta insuficiente. Esses tickets darão a totalidade do problema e ajudarão a obter a visão unificada. Além disso, o administrador pode mesclar esses dois tickets em um único problema e trabalhar para resolver o problema.

O console único para manutenção de TI ajudará no compartilhamento de conhecimento e no desenvolvimento de uma base de conhecimento durante um período. O ServiceDesk Plus oferece um portal de base de conhecimento baseado na Web, que acumula as notas adicionadas até o momento e serve como um avaliador pronto para os calouros.

ManageEngine Enterprise Infrastructure management solutions
ManageEngine oferecem uma boa
relação qualidade/preço

Para obter mais detalhes sobre as soluções ManageEngine e sobre como elas podem ajudá-lo a gerenciar sem problemas as suas aplicações, sistemas e rede, entre em contato com sales@manageengine.com.